A eliminação dos combustíveis fósseis permanece em debate no novo rascunho para acordo do COP 28, que acontece nos Emirados Árabes Unidos. O conteúdo do documento está em negociação entre os países, que devem apresentar a versão final no dia 12, quando acaba a Conferência.

A substituição de combustíveis originados do petróleo é apontada como uma das medidas principais para combater a emissão de gases do efeito estuda.

Entre os vários itens do documento, o tema aparece com cinco opções para o texto final.

Um é a eliminação de combustíveis fósseis alinhada com a melhor ciência disponível; outro é fazer essa eliminação em linha com a melhor ciência, com a recomendação de limitar o aumento de temperatura a 1,5 grau Celsius e os princípios do Acordo de Paris.

Também é sugerida a redução ou eliminação total até a metade do século. Por fim, há a opção de sequer colocar o trecho no acordo final.

Os incentivos aos combustíveis fósseis continuam em negociação em outro item, com duas opções. A primeira é a eliminação de subsídios que não tratem da pobreza energética ou da transição justa; a segunda é não inserir o trecho no acordo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.