Lagoa dos Patos, no Rio Grande do Sul, com alto risco de inundação neste domingo. Segundo a última medição, o nível da água está em 1,87, acima da cota de inundação, que é 1,70. O alerta de risco hidrológico na região segundo o Cemaden, que é o Centro de Monitoramento de Alerta de Desastres Naturais, é alto. Enquanto isso, no Guaíba, a água continua a baixar. Na manhã deste domingo, o nível da água chegou a 2,92, bem abaixo da cota de alerta, que é 3,15, e o menor desde o início da enchente.

Com a baixa da água, o fim de semana foi de limpeza e recolhimento de lixo e entulho das ruas de Porto Alegre. Nesse sábado mesmo a Anac começou uma operação de retirada dos aviões do Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. São as aeronaves que ficaram presas no local por conta do alagamento. Começaram também os testes para saber as condições da pista… são sondagens para avaliar a resistência do solo. Lembrando que as atividades no local estão suspensas desde 3 de maio. O Aeroporto deve ficar fechado até dezembro. 

E ainda sobre o Rio Grande do Sul, a Caixa começou nesse fim de semana a cadastrar imóveis que poderão ser comprados pelo governo federal e doados a famílias afetadas pelas enchentes. São residências que deverão ser compradas por, no máximo, 200 mil reais. Quem tiver interesse em vender o imóvel, pode fazer o cadastro no site da Caixa e enviar a documentação pedida. Tem algumas condições: como estar em área não condenada, ter o registro no cartório de imóveis, estar regularizada e em condições habitáveis. Essas casas serão destinadas à famílias das faixas 1 e 2 do programa Minha Casa, Minha Vida.  Segundo o balanço mais recente da Defesa Civil, são mais de 575 mil pessoas desalojadas, ou seja, que foram obrigadas a deixar suas casas e até o momento não tiveram condições de voltar.

Lagoa dos Patos, no Rio Grande do Sul, com alto risco de inundação neste domingo. Segundo a última medição, o nível da água está em 1,87, acima da cota de inundação, que é 1,70. O alerta de risco hidrológico na região segundo o Cemaden, que é o Centro de Monitoramento de Alerta de Desastres Naturais, é alto. Enquanto isso, no Guaíba, a água continua a baixar. Na manhã deste domingo, o nível da água chegou a 2,92, bem abaixo da cota de alerta, que é 3,15, e o menor desde o início da enchente.

Com a baixa da água, o fim de semana foi de limpeza e recolhimento de lixo e entulho das ruas de Porto Alegre. Nesse sábado mesmo a Anac iniciou uma operação de retirada dos aviões do Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. E a Caixa começou nesse fim de semana a cadastrar imóveis que poderão ser comprados pelo governo federal e doados a famílias afetadas pelas enchentes. São residências que deverão ser compradas por, no máximo, 200 mil reais. Quem tiver interesse em vender o imóvel, pode fazer o cadastro no site da Caixa e enviar a documentação pedida. Tem algumas condições: como estar em área não condenada, ter o registro no cartório de imóveis, estar regularizada e em condições habitáveis. Essas casas serão destinadas à famílias das faixas 1 e 2 do programa Minha Casa, Minha Vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.